Arquivo mensais:maio 2013

Hospedagem compartilhada x VPS x Dedicada

O mercado de hospedagem de sites oferece uma vasta variedade de serviços. A regra geral é simples: quanto mais recursos exclusivos seu site precisar, mais caro será a hospedagem, por isso é fundamental entender as diferenças, prós e contras, de cada modalidade de hospedagem:

Hospedagem compartilhada: é a modalidade mais popular de hospedagem. Nesta modalidade, centenas (ou milhares) de sites são hospedados em um mesmo servidor físico, fazendo com que a economia de escala permita que se ofereça o serviço de hospedagem de sites a preços populares. Geralmente a hospedagem compartilhada possui uma série de regras e limites, pois sites com demanda de processamento ou com muitas visitas quase sempre são incompatíveis com este tipo de ambiente, por consumir muitos recursos do servidor (recursos que, em tese, deveriam ser utilizados de forma harmoniosa entre todos os demais usuários e clientes do mesmo servidor físico).

Hospedagem VPS: é um meio-termo entre a hospedagem compartilhada e a hospedagem dedicada. Nesta modalidade, o usuário possui um nível de administração, onde pode hospedar ou um site mais robusto, ou diversos sites em uma mesma conta de hospedagem. Os recursos necessários para a hospedagem funcionar são, em geral, maiores do que a hospedagem compartilhada. Uma hospedagem VPS geralmente consegue suportar mais acessos e mais processamento do que a hospedagem compartilhada, mas não mais do que numa hospedagem dedicada, do qual falaremos a seguir.

Hospedagem Dedicada: nesta modalidade, um ou mais servidores são exclusivos para seu site, de forma que nenhum outro usuário ou cliente será alocado no mesmo servidor, fazendo com que todos os recursos (CPU, Memória, Disco, Rede) sejam exclusivos (e dedicados, portanto) para seu site. É a modalidade mais cara de hospedagem, com certeza, mas oferece um controle muito mais fino sobre o servidor. Na modalidade dedicada de hospedagem de sites, os provedores oferecem opcionalmente o gerenciamento do servidor, que consiste no acompanhamento, configuração e atualização do sistema no servidor, enquatno que o usuário que optar não contratar este tipo de serviço terá que administrar o servidor por sua conta.

Hospedagem de sites grátis com tudo ilimitado

Se você procura por hospedagem de sites grátis com tudo ilimitado, esqueça. Lembre-se de que alguém sempre estará pagando para manter os custos de se manter um servidor no ar. Algumas empresas até possuem alguma modalidade de serviço gratuito, mas sempre com limites, pois o objetivo destas empresas é oferecer algo gratuito apenas para fazer com que você se interesse pelo serviço pago.

Além disso, pense bem: por que uma empresa ofereceria hospedagem gratuita e totalmente ilimitada? Para aproveitar seu site e colocar banners publicitários? Talvez. Mas se não houver nenhuma, NENHUMA contrapartida, que vantagem alguma empresa teria oferecendo um serviço desta forma? Quando a esmola é demais, o santo desconfia, não é mesmo?

Opte sempre por empresas que cobram e especificam exatamente quais são os limites de uso do seu serviço. Se por 1 dólar por mês fosse possível ter uma hospedagem ilimitada, o Google não gastaria milhões de dólares para manter seus Datacenters em todo o mundo, bastaria contratar um destes planos ilimitados e pronto, certo?

Por isso, tome cuidado. Sempre onde houver alguém lhe oferecendo uma hospedagem ilimitada, procure pelo sinal de asterisco (*), pois, certamente, o ilimitado nunca é tão ilimitado assim, já que qualquer empresa, não possui recursos ilimitados para oferecer, quanto mais seus recursos são consumidos, maior será seu custo operacional.

Resenha: HostGator

A HostGator é lider em hospedagem de sites, revendas e servidores dedicados. Tem sede em Houston – Texas, e foi fundada em 2002 pelo atual presidente e CEO Brent Oxley. Desde 2002 até agora, a HostGator cresceu hoje possui mais de 5.000 servidores sob sua gestão. Com mais de 8 milhões de domínios hospedados, corresponde a aproximadamente 1% de todo o tráfego mundial da internet.

A HostGator possui mais de 400 mil clientes, oferecendo a eles, produtos e serviços criados exclusivamente para atender desde pequenos clientes individuais e webmaster até grandes empresas em diversos países no mundo todo.

O endereço do site da HostGator é www.hostgator.com.br e o telefone da HostGator é (11) 4063.5312.

Como configurar o FileZilla para exibir arquivos ocultos

logo-filezzila-hospedagem-de-sitesNão está conseguindo visualizar arquivos ocultos no FileZilla? Não se preocupe, pois vamos te ajudar a resolver esse probleminha.

A instalação padrão do Filezilla FTP não exibe arquivos ocultos na listagem de pastas, por isso alguns usuários acabam tendo dificuldades para trabalhar com arquivos ocultos. (Por exemplo: htaccess)

Segue dica:

Para visualizar todos os arquivos, inclusive os ocultos, clique no menu Servidor e depois em “Forçar a mostrar arquivos ocultos”.

filezilla-hospedagem-de-sites

Perfeito! Você concluiu a configuração corretamente.

Faça uma nova conexão e visualize o resultado.

Sugestão: Para baixar a nova versão do FileZilla, acesse: https://filezilla-project.org/download.php

Abraços,

Como modificar a porta SMTP de 25 para 587 no IncrediMail?

Para modificar a porta SMTP para 587 neste programa de e-mail, acesse o menu Tools e depois a opção Accounts.

Na janela seguinte, selecione sua conta de e-mail e clique em Properties.

Na guia Servers, altere o número da porta da opção Outgoing mail server para 587.

Clique em OK e feche a tela de contas. Pronto!

Atenção: Caso você utilize o antivírus Avast e ocorra alguma falha após a alteração da porta do servidor SMTP, basta abrir o antivirus, ir em “Modulos Residentes > Modulo Email > Configurações Avançadas > Contas SSL” e remover as informações associadas à porta 25.

Como modificar a porta SMTP de 25 para 587 no Mail (Mac OS X)?

Para modificar a porta SMTP para 587 neste programa de e-mail, acesse o menu Accounts. Após, clique no botão Server Settings.

Na tela que abre, altere o número da porta de saída SMTP de 25 para 587 e clique em OK.

A partir de então, as mensagens passarão a ser enviadas normalmente.

Atenção: Se você utiliza o antivírus Avast e ocorrer alguma falha após a alteração da porta do servidor SMTP, basta abrir o antivirus, ir em “Modulos Residentes > Modulo Email > Configurações Avançadas > Contas SSL” e remover as informações associadas à porta 25.

Como modificar a porta SMTP de 25 para 587 no Outlook Express?

Para modificar a porta SMTP para 587 neste programa de e-mail, acesse o menu Ferramentas e depois a opção Contas.

Selecione a conta configurada e clique no botão Propriedades.

Na guia Avançado, altere o número da opção E-mails de saída (SMTP) de 25 para 587.

Clique em OK e feche e tela de contas. No próximo envio de mensagens a configuração já terá efeito.

ATENÇÃO:

  • Após a alteração da porta do servidor SMTP para 587 no Outlook, feche-o e abra novamente para que a configuração tenha sucesso.
  • Caso você utilize o antivírus Avast e ocorra alguma falha após a alteração da porta do servidor SMTP, basta abrir o antivirus, ir em “Modulos Residentes > Modulo Email > Configurações Avançadas > Contas SSL” e remover as informações associadas à porta 25.