Entenda os tipos de registro DNS

Existem vários tipos de registro DNS, cada um com uma função específica:

Registro tipo A (Address): Aponta um nome, por exemplo www.1hospedagemdesites.com.br para um IP 123.123.123.123. É um dos registros mais atualizados.

Registro tipo CNAME (Canonical Name): Aponta um nome para outro nome, por exemplo, pop3.1hospedagemdesites.com.br para mail.1hospedagemdesites.com.br. O registro CNAME pode apontar até mesmo para outro CNAME, entretanto é crucial que o último apontamento de destino seja direcionado para um IP.

Registro tipo MX (Mail Exchanger): Define qual ou quais servidores receberão e-mail no domínio. Algumas empresas possuem mais de um registro MX, para que mais de um servidor seja responsável por esta tarefa. O registro MX possui um campo extra de prioridade, que permite definir em qual ordem os demais provedores devem tentar entregar mensagens.

Registro tipo PTR: Aponta um IP para um nome, por exemplo 123.123.123.123 para www.1hospedagemdesites.com.br. É muito útil na configuração de servidores de e-mail, que precisam de configuração de DNS reverso.

Registro NS: Aponta o servidor responsável pela resolução de nomes.